Os NHL Awards estão de volta a Las Vegas

frozen_moment_062214_slide

Depois de um ano de interregno devido ao lockout, os Prémios anuais da NHL serão novamente atribuídos na glamorosa cidade de Las Vegas. A noite de hoje servirá para premiar os melhores jogadores da época regular. Atenção, os Playoffs não contam para a atribuição dos prémios. A votação é feita pelos jornalistas inscritos na Professional Hockey Writers Association, tirando alguns casos específicos.

Estarão presentes várias estrelas de Hollywood, fãs de hóquei no gelo, como David Boreanaz (“Ossos”), Eric Stonestreet (“Uma família muito moderna”), Kevin Connolly (“Entourage”), Michael J. Fox e Whoopi Goldberg. Para completar a noite, ainda será anunciado o vencedor da competição para capa do NHL15, o galardoado videojogo da EA Sports.

Aqui ficam os prémios que serão atribuídos na terça-feira e os nomeados.

James Norris Memorial Trophy prémio atribuído ao melhor defesa da época regular.

Nomeados:
Zdeno Chara (Boston Bruins)
Duncan Keith (Chicago Blackhawks)
Shea Weber (Nashville Predators)

Hart Memorial Trophy prémio atribuído ao jogador mais valioso da época regular.

Nomeados:
Sidney Crosby (Pittsburgh Penguins)
Ryan Getzalf (Anaheim Ducks)
Claude Giroux (Philadelphia Flyers)

Vezina Trophy – prémio atrbuído ao melhor guarda-redes.

Nomeados:
Tuukka Rask (Boston Bruins)
Ben Bishop (Tampa Bay Lightning)
Semyon Varlamov (Colorado Avalanche)

Calder Memory Trophy – prémio atribuído ao melhor rookie da NHL.

Nomeados:
Nathan MacKinnon (Colorado Avalanche)
Ondrej Palat (Tampa Bay Lightning)
Tyler Jonhson (Tampa Bay Lightning)

Lady Byng Memorial Trophy – prémio é atribuído ao jogador com maior desportivismo e melhor conduta em campo.

Nomeados:
Ryan O’Reilly (Colorado Avalanche)
Patrick Marleau (San Jose Sharks)
Martin St. Louis (Tampa Bay Lightning e New York Rangers)

Bill Masterton Memorial Trophy – prémio atribuído ao jogador com maior perseverança e dedicação ao desporto.

Nomeados:
Dominic Moore (New York Rangers)
Jaromir Jagr (New Jersey Devils)
Manny Malhotra (Carolina Hurricanes)

Frank J. Selke Trophy – prémio atribuído ao avançado com maior capacidade defensiva.

Nomeados:
Patrice Bergeron (Boston Bruins)
Jonathan Toews (Chicago Blackhawks)
Anze Kopitar (Los Angeles Kings)

Jack Adams Trophy – prémio atribuído ao melhor treinador.

Nomeados:
Mike Babcock (Detroit Red Wings)
Patrick Roy (Colorado Avalanche)
Jon Cooper (Tampa Bay Lightning)

GM of the Year Award – prémio atribuído ao melhor General Manager da época regular.

Nomeados:
Dean Lombardi (Los Angeles Kings)
Marc Bergevin (Montreal Canadiens)
Bob Murray (Anaheim Ducks)

Mark Messier Leadership Award – prémio atribuído ao jogador com maior capacidade de liderança.

Nomeados:
Dustin Brown (Los Angeles Kings)
Ryan Getzlaf (Anaheim Ducks)
Jonathan Toews (Chicago Blackhawks)

Ted Lindsay Award – prémio atribuído ao jogador mais valioso da NHL, segundo votação dos jogadores.

Nomeados:
Sidney Crosby (Pittsburgh Penguins)
Ryan Getzalf (Anaheim Ducks)
Claude Giroux (Philadelphia Flyers)

NHL Foundation Award – prémio atribuído ao jogador que aplica os valores principais do hóquei – compromisso, trabalho de equipa e perseverança – na sua comunidade.

Nomeados:
Patrick Bergeron (Boston Bruins)
Brent Burns (San Jose Sharks)
Duncan Keith (Chicago Blackhawks)

Maurice Richard Trophy – prémio atribuído ao jogador com mais golos da época regular.

Vencedor: Alex Ovechkin (Washington Capitals) – 51

Art Ross Trophy – prémio atribuído ao jogador com mais pontos da época regular.

Vencedor: Sidney Crosby (Pittsburgh Penguins) – 104

Anúncios

Daniel Sedin placado por trás por jogador dos Flames

484688683_slide

O avançado dos Vancouver Canucks, Daniel Sedin, foi transportado para o hospital depois de ter sofrido uma lesão aparentemente grave, durante o 2º período do jogo contra os Calgary Flames.

Sedin foi atirado contra as bordas por Paul Byron, que recebeu uma penalidade de 5 minutos por boarding e a respectiva expulsão. Sedin estava em grande no jogo até àquele momento, com 2 golos de sua autoria. Depois da placagem, o Sueco permaneceu alguns minutos no gelo a ser assistido e precisou mesmo da ajuda da maca para se retirar para os balneários.

Já não é a primeira vez que um jogo entre Canucks e Flames acaba mal esta época. No dia 18 de Janeiro, as duas equipas envolveram-se em várias lutas simultâneas e chegou mesmo a haver tensão nos balneários entre os dois treinadores. O ambiente estava de tal maneira acesso que, depois da lesão de Sedin, a NHL achou melhor colocar seguranças no banco dos Flames.

Muita desta rivalidade vem do ódio visceral que os dois treinadores têm um pelo outro. No fim do jogo, John Tortorella teve umas palavras para dizer a Bob Hartley. “É uma vergonha jogar contra pessoas como estas. Eu não gosto da maneira como ele actua. Eu não gosto dele”. Mais claro não podia ser.

Polémicas à parte, o mais importante é que Daniel Sedin recebeu alta do hospital poucas horas depois. No entanto, ainda não há declarações sobre a gravidade da lesão.

Primeira ronda da Conferência Este definida

484260839_slide

Com a vitória por 3-0 frente aos St Louis Blues, os Dallas Stars acabaram com as esperanças dos Phoenix Coyotes e agarraram o últimos lugar disponível dos Playoffs.

Estão assim encontradas as 16 equipas que vão lutar a batalha dos Playoffs. Na Conferência Este estão apurados Boston Bruins, Pittsburgh Penguins, Tampa Bay Lightning, Montreal Canadiens, New York Rangers, Philadelphia Flyers, Columbus Blue Jackets e Detroit Red Wings. Na Conferência Oeste os felizardos são: Anaheim Ducks, Colorado Avalanche, St. Louis Blues, San Jose Sharks, Chicago Blackhawks, Los Angeles Kings, Minnesota Wild e Dallas Stars.

Os Boston Bruins tornaram-se campeões da época regular e vão defrontar os Detroit Red Wings na 1ª ronda dos Playoffs. Os Columbus Blue Jackets ultrapassaram os Red Wings nas últimas jornadas e, por isso, vão defrontar os Pittsburgh Penguins. Os Philadelphia Flyers vão medir forças com os New York Rangers, pela primeira vez desde 1997.

A única coisa que falta decidir na Conferência Este é quem tem o factor casa na eliminatória que vai opor Montreal Canadiens e Tampa Bay Lightning. Para já, são os Canadiens que têm vantagem, mas basta uma vitória dos Lightning hoje contra os Washington Capitals para inverter essa situação.

Na Conferência Oeste, a vitória dos Anaheim Ducks por 4-3 sobre os Los Angeles Kings garantiu o 1º lugar na conferência. Os Ducks vão defrontar os Dallas Stars na 1ª ronda. Para além desta e da eliminatória que vai opor LA Kings e San Jose Sharks, a paisagem dos Playoffs no Oeste ainda não está muito bem definida.

Os actuais campeões em título, Chicago Blackhawks, ainda não sabem qual vai ser o seu adversário. Para já, tudo indica um confronto contra os St. Louis Blues, mas isso pode mudar ainda com os jogos de hoje.

Coyotes perto de serem eliminados

483897701_slide

As esperanças dos Phoenix Coyotes sofreram um enorme revés com a derrota por 2-0 às mãos dos Nashville Predators ontem à noite.

Os Coyotes tinham a oportunidade de igualar os Dallas Stars com 89 pontos, no 8º lugar da Conferência Oeste. Ao falhar esse objectivo, os Coyotes deixam agora de depender de si mesmos para se qualificarem para os Playoffs.

Os Stars podem garantir o apuramento já hoje com uma vitória frente aos St. Louis Blues. Os Coyotes vão ficar agarrados à televisão à espera de um resultado favorável, enquanto preparam o embate de sábado frente aos San Jose Sharks.

Na Conferência Este, os New York Rangers garantiram o 2º lugar na Divisão Metropolitana, graças à derrota dos Philadelphia Flyers frente aos Tampa Bay Lightning. Desta maneira, os Rangers asseguraram o fator casa do seu lado na 1ª ronda dos Playoffs, apesar de ainda não saberem qual será o seu adversário.

Os Boston Bruins perderam no shootout contra os Winnipeg Jets, mas têm agora 3 pontos de vantagem sobre os Anaheim Ducks na luta pelo President’s Trophy, o troféu atribuído ao campeão da época regular.

Com apenas 3 dias para o fim da fase regular, apenas um lugar nos Playoffs está por atribuir, mas ainda existe muito a decidir em termos de classificação final, que irá determinar os adversários na 1ª eliminatória da fase final.

Rupp com placagem feia sobre Oshie

O avançado dos St. Louis Blues T. J. Oshie foi obrigado a abandonar o jogo contra os Minnesota Wild, depois de sofrer uma placagem forte de Mike Rupp.

Oshie esteve caído durante algum tempo, tentou levantar-se mas voltou a cair. Acabou por recuperar o equilíbrio e dirigiu-se diretamente para os balneários. Rupp foi expulso pela placagem e vai ter uma conferência pelo telefone com a comissão disciplinar da NHL.

O avançado dos Wild vai certamente ser suspenso por ter deliberadamente acertado na cabeça do adversário. Já Oshie encontra-se em dúvida para os últimos jogos da época regular.

Tudo decidido no Este

Depois dos jogos de ontem à noite, estão encontradas as oito equipas que vão disputar o título de campeões da Conferência Este.

Os Columbus Blue Jackets derrotaram os Dallas Stars para garantirem a 2ª presença nos Playoffs da sua história. Já os Red Wings conquistaram 1 ponto com a derrota no shootout contra os Pittsburgh Penguins, o que foi suficiente para carimbar a passagem à fase final pela 23ª época consecutiva.

Como tal, os Washington Capitals e os New Jersey Devils foram eliminados. Para os Devils, esta é a segunda época consecutiva que não conseguem atingir a fase decisiva da competição, depois de terem chegado à final da Stanley Cup em 2012. Os Capitals já não falhavam os Playoffs desde 2006/07.

As atenções viram-se todas para o Oeste, onde os Dallas Stars perderam a oportunidade de alargar a vantagem que tinham sobre os Phoenix Coyotes. Com a derrota contra os Blue Jackets, os Stars continuam com dois pontos de vantagem, mas têm agora mais um jogo disputado.

Stars e Coyotes vão-se encontrar no último jogo da época regular, a disputar no domingo. Antes disso, os Stars recebem os St. Louis Blues amanhã, enquanto os Coyotes se deslocam hoje até Nashville e amanhã recebem os San Jose Sharks.

Dependendo de como correrem as coisas até domingo, esse jogo poderá atribuir o último lugar de apuramento disponível.

Relação de Evander Kane com os Jets pode ser irremediável

Evander Kane é igual a qualquer rapaz da sua idade, mas a sua profissão exige dele uma grande responsabilidade. Nos últimos tempos, o avançado dos Winnipeg Jets tem tomado algumas decisões erradas que podem condicionar o seu futuro.

Kane falhou alguns jogos esta temporada, depois de se ter lesionado na mão direita numa luta com Eric Brewer. Não foi muito inteligente da sua parte lutar, quando esse não é o seu papel, e ainda piorou mais a situação quando afirmou que isso não o iria impedir de lutar no futuro.

A atitude inconsciente e irreverente de Kane é normal para um miúdo de 22 anos, mas não cai bem numa cidade pacífica como Winnipeg. Tudo piorou na última semana, quando Kane foi processado por agressão devido a um desentendimento num bar de Vancouver.

Os problemas começam agora a sentir-se no gelo. Kane foi deixado de fora dos convocados para o jogo de sábado contra os Toronto Maple Leafs. O motivo não foi seu o rendimento, uma vez que ele é um dos melhores jogadores dos Jets. Segundo a imprensa de Winnipeg, Kane violou uma das regras da equipa.

Não se sabe bem o que isso quer dizer. “Provavelmente só tem que aparecer no pavilhão” foi a resposta de Paul Maurice à pergunta sobre o que tinha que fazer Kane para voltar a jogar. A ideia generalizada em Winnipeg é que ele terá adormecido e chegou atrasado a uma reunião da equipa.

Evander Kane não ficou nada satisfeito por ter ficado de fora e não mostrou qualquer arrependimento pelo seu comportamento.

Kane é um jovem com grande potencial. Marcou 30 golos na época de  2011/12. Teria ultrapassado essa marca no ano passado se o campeonato não tivesse sido reduzido a 48 jogos devido ao lockout. Esta temporada está a ser mais difícil para ele e mesmo assim deverá chegar aos 20 golos.

No entanto, se a sua relação com a equipa se continuar a deteriorar, trocá-lo pode ser a única opção. Neste momento, Winnipeg não quer Evander Kane e Evander Kane não quer estar em Winnipeg.

Se isso acontecer, este não vai ser um bom negócio para os Jets. Kane tem contrato assinado durante os melhores anos da sua carreira, mas a diminuição da produção ofensiva juntamente com os problemas fora do campo fazem com que o seu valor tenha descido vertiginosamente. Não há maneira dos Jets saírem bem desta situação.

É claro que tudo isto envolve um certo nível de especulação. Ninguém sabe ao certo o que se passou sem ser os envolvidos, mas não me parece provável que Evander Kane vista a camisola dos Jets na próxima época.