Contrato de David Clarkson é ainda pior do que imaginam

476553601_slide

Não é preciso puxar muito pela cabeça para perceber que o contrato de David Clarkson é um fiasco. Os Leafs não resistiram a gastar $36.75 milhões de dólares num jogador daquela “fibra”, que personifica todos os clichés possíveis e imaginários do hockey, com todas as qualidades de um líder. Um ano passado, Clarkson está a caminho de fazer a sua pior época de sempre, com 11 pontos em 55 jogos.

Nem vou analisar aquilo que os Leafs podiam ter feito com o dinheiro que gastaram em Clarkson. Basta dizer que cada ponto de Clarkson custa aos Leafs $500 mil dólares.

O contrato é tão mau, que já se fala num buyout. Não era uma má solução, mas há outro problema. A estrutura do contrato de Clarkson parece ser à prova de buyout. Mais de 75% do dinheiro vem através de prémios, que são garantidos e por isso impossíveis de revogar. A única parte do contrato de Clarksson que os Leafs podem rescindir é o seu salário base de $2.7 milhões de dólares. Ou seja, Clarkson receberia quase a totalidade do dinheiro e a penalização no Salary Cap seria de $4.6 milhões de dólares até ao ano de 2020.

Para além disso, o contrato ainda contem uma no-movement clause, o que impede os Leafs de o colocarem na AHL, e uma no-trase clause que permite que Clarkson escolha uma lista de 14 equipas para as quais pode ser trocado. A única hipótese dos Leafs é ficarem com o jogador até ao fim do contrato ou tentarem trocá-lo, mas sempre retendo algum do salário.

Com os novos contratos de Dion Phaneuf e Phil Kessel a entrarem nas contas para o próximo ano, os Leafs vão ficar apertadinhos contra o Salary Cap. Depois de renovarem os contratos dos seus restricted free agents, os Leafs ficam com cerca de $10 milhões de dólares para renovarem com Nikolai Kulemin, Mason Raymond, Dave Bolland, Jay McClement e Troy Bodie, ou para encontrarem substitutos à altura.

Apesar da produção de Clarkson no 1º ano já ter prejudicado bastante os Leafs, a machadada final virá na próxima off-season. O facto deste contrato ser praticamente impossível de movimentar vai acabar por custar aos Leafs outros jogadores mais úteis que Clarkson.

Algo me diz que, daqui a uns anos, estaremos a falar do contrato de David Clarkson como um dos mais ruinosos da história da NHL.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s