Jogos Olímpicos: Resumo do Dia 5

Áustria 3 – 1 Noruega
Depois de 2 derrotas, o treinador da Áustria decidiu pôr os 3 jogadores da NHL que tem na mesma linha (Grabner, Raffl e Vanek). Esta acabou por ser a decisão correta. Michael Grabner, o avançado dos New York Islander, marcou dois golos e fez uma assistência para dar a 1º vitória da Áustria neste torneio. Com estes 3 pontos, a Áustria assegurou o 9º lugar na fase de grupos e por isso irá defrontar a Eslovénia na terça-feira. A Noruega desceu para o 12º e irá ter que derrotar a Rússia se quiser seguir em frente na competição.

Rússia 1 – 0 Eslováquia (SO)
O público Russo vai puder ver a sua equipa num jogo extra. É claro que esse não era o plano, mas a vitória no shootout, que só vale dois pontos, impediu que a Rússia se qualificasse directamente para os quartos-de-final. Agora vão ter que defrontar a Noruega na terça-feira para passarem à próxima fase. Alexander Radulov e Ilya Kovalchuk marcaram duas grandes penalidades, enquanto Semyon Varlamov defendeu as tentativas de Tomas Tatar e Michal Handzus. Com mais esta derrota, a Eslováquia confirmou o último lugar no Grupo A e irá defrontar a República Checa na última oportunidade de seguir em frente.

Eslovénia 1 – 5 Estados Unidos da América
Phil Kessel ajudou os EUA a garantirem um lugar nos quartos-de-final com um hat-trick. O avançado dos Toronto Maple Leafs é o primeiro americano a fazer um hat-trick nos Jogos Olímpicos desde 2002. Kessel lidera agora o torneio com 7 pontos, 4 golos e 3 assistências. A linha de James van Riemsdyk, Joe Pavelski e Phil Kessel tem sido a mais produtiva destes Jogos Olímpicos. Os EUA vão agora esperar pelo vencedor do jogo que vai opor a República Checa e a Eslováquia.

Finlândia 1 – 2 Canadá (OT)
A selecção canadiana continua a não convencer nestes jogos olímpicos. Apesar da vitória e do apuramento directo para os quarto-de-final, a equipa do Canadá voltou a não jogar ao seu nível. P. K. Subban e Martin St. Louis voltaram a ver o jogo da bancada, o que é estranho numa equipa que mostra dificuldades em marcar golos. Quem não tem medo de os meter lá dentro é Drew Doughty. O defesa dos Los Angeles Kings marcou mais dois golos, incluindo o que decidiu o jogo no prolongamento, e é o melhor marcador do Canadá, com 4 golos. Sim, um defesa… Ilustra bem as dificuldade ofensivas desta equipa. A defesa tem estado muito bem e, no geral, a equipa tem o controlo do jogo durante a maior parte do tempo, mas nos jogos da decisão vai ser preciso mais.

Com os jogos de hoje terminou a fase de grupos. Quatro equipas apuraram-se directamente para os quartos-de-final: Suécia, EUA, Canadá e Finlândia. Na terça-feira disputam-se 4 jogos que vão apurar as restantes equipas.

Publicado originalmente no blog Planeta Desportivo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s