Quem ganhou e quem perdeu

O primeiro dia da free agency é um dos dias mais movimentados do ano. É um dia onde se gasta muito dinheiro e se cometem muitos erros. Erros que mais tarde levam à desgraça os GM’s em questão.

Mesmo sabendo que todas as equipas pagam demais aos jogadores neste dia, existem sempre aquelas que conseguem fazer os melhores negócios e ao mesmo tempo suprir as suas principais necessidades. Também existem aquelas que nem fazem uma coisa nem outra (cof, cof, Leafs, cof).

Vencedores: Ottawa Senators

O dia começou da pior maneira para os fãs dos Senators com a notícia da partida do seu Capitão para os Detroit Red Wings. Poucos minutos depois, o desespero passou a esperança com o anúncio da troca de Bobby Ryan. A chegada de Ryan não ficou barata aos Sens, com Jakob Silfverberg, Stefan Noesen e uma 1ª ronda em 2014 a fazer o caminho contrário para Anaheim. Os Sens ainda conseguiram assinar Clarke MacArthur por $3.5 milhões de dólares, durante 2 anos, um contrato razoável para um jogador muito versátil. Para terminar o dia ainda garantiram a renovação do treinador Paul MacLean por 3 anos.

Derrotado: Daniel Alfredsson

Sendo um dos poucos fãs dos Leafs que entendeu a saída de Mats Sundin em 2008 para os Vancouver Canuck, não posso criticar Alfredsson por tentar tudo para ganhar uma taça. O problema que eu acho que os Senators não estão tão longe da Stanley Cup como isso. Eles já eram uma equipa muito boa que dependia do contributo de todos para marcar golos. Agora em Bobby Ryan têm um jogador capaz de marcar 30 golos por época, a juntar a um dos melhores guarda-redes dos últimos anos e a uma defesa muito boa. Os Red Wings são candidatos eternos aos Playoffs. À Stanley Cup? Já não tenho tanta a certeza.

Vencedor: Jim Nill

O novo GM dos Dallas Stars não perdeu tempo e reconstruiu o centro do ataque em apenas um dia. Seguin, Horcoff e Peverley juntam-se a Jamie Benn para formar um belo quarteto de centros. Existe ainda a possibilidade de Benn passar para uma ala e jogar ao lado de Seguin, que é visto pelos Stars como centro. Na free agency, Nill foi mais contido mas conseguiu encontrar um bom guarda-redes suplente a um bom preço (Dan Ellis, $900 mil por 2 anos). Para além da melhoria do visual, os Dallas também estão a melhorar no gelo.

Derrotados: Toronto Maple Leafs

Confirmou-se. Grabovski foi dispensado para haver espaço para dar $4.5 milhões de dólares a Tyler Bozak. Não vou comparar os dois jogadores aqui, isto merece um artigo só por si, mas não é preciso investigar muito para perceber que isto é um erro. Não tenho nada contra David Clarksson. Ele é um bom avançado que evoluiu bastante nos últimos anos e até pensei que ia ficar mais caro, mas dar 7 anos a um jogador com 29 anos que já passou o auge da carreira nunca é boa ideia. E desde quando é que os Leafs precisam de avançados? Os Leafs acabaram no top-10 das equipas com mais golos nos últimos dois anos. A defesa é a verdadeira necessidade da equipa e nada foi feito para a melhorar. Actualização: o dia termina com a renovação do contrato de Jonathan Bernier. $2.9 milhões de dólares por 2 anos. Reimer ganha $1.8 milhões. O Bernier vai ser o titular, não vai? Jesus…

Vencedores: New York Islanders

Garth Snow, o GM dos Islanders é muito subvalorizado. Ele conseguiu construir uma equipa competitiva com John Tavares rodeado por jogadores adquiridos nos waivers. Com o orçamento muito apertado, Snow não tem dinheiro para fazer asneiras. Todos os passos têm que ser bem medidos. A renovação de Travis Hamonic foi o melhor contrato do dia. O contrato no valor de $3.8 milhões de dólares por 7 anos segura um bom defesa durante os seus melhores anos. Os Islanders também renovaram o contrato de Nabokov (à falta de melhor), adquiriram Pierre-Marc Bouchard e Peter Regin. São pequenas adições, mas que juntas fazem a diferença. Não me surpreendia ver esta equipa outra vez nos Playoffs para o ano.

Derrotados: Montreal Canadiens

Depois de falharem a contratação de Vicent Lecavalier (outra vez…), os Canadiens viraram a atenção para Daniel Brière e assinaram um contrato no valor de $4 milhões de dólares durante 2 anos. Briére pode ser um jogador útil na 3ª linha e principalmente no powerplay, mas é pouco provável que justifique o investimento. Nas últimas 3 épocas, Brière passou de 0.69 pontos por jogo para 0.29. Dada a sua idade, não é expectável que ele recupere o nível de outros tempos. Para além de perder Michael Ryder para os New Jersey Devils, os Canadiens ainda adquiriram George Parros aos Florida Panthers, não sei bem para quê. Deve ser por causa do bigode.

Anúncios

One thought on “Quem ganhou e quem perdeu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s