Mega-troca entre os Blackhawks e os Islanders?

Com o trade deadline cada vez mais próximo, os rumores fazem-se ouvir cada vez mais alto.

O The Daily Herald afirma que os Blackhawks estão a preparar um mega-troca com os New York Islanders. As peças-chave do negócio serão Frans Nielsen e o capitão Mark Streit.

A equipa de Chicago há muito que procura um dono definitivo para o lugar de centro de 2ª linha, chegando até a experimentar Patrick Kane nessa posição o ano passado. Nielsen é uma excelente solução, uma vez que é um dos centro mais sub-valorizados da NHL, muito bom defensivamente e com algum potencial ofensivo também, como mostra a sua eficácia no shootout (61%).

Os Islanders estarão interessados em dois prospects dos Blackhawks: o avançado Jeremy Morin e o defesa Dylan Olsen. Os rumores são o que são e é bom ter em conta que os Islanders têm estado a tentar renovar com Streit e Nielsen é o seu melhor centro, a seguir a John Tavares, claro.

Eles ainda estão na luta pelos Playoffs e seria estranho hipotecarem essa chance nesta altura do campeonato. Mas também o dono dos Islanders, Charlie Wang, é conhecido por interferir bastante no trabalho do seu GM e de o pressionar a fazer algumas trocas estranhas, como a de Tim Thomas.

Leafs vencem com hat-trick de Kadri

Os Toronto Maple Leafs venceram o 3º jogo consecutivo, por 4-0, sobre os Ottawa Senators. A vantagem de 9 pontos para o 9º lugar faz com que já se fale de Playoffs na cidade de Toronto. Segundo o site Sports Club Stats, os Leafs têm agora 99.4% de probabilidade de chegar aos Playoffs.

Joffrey Lupul e Nazem Kadri têm sido os principais responsáveis pelas últimas vitórias e estiveram intratáveis neste jogo. Lupul marcou 1 golo e assistiu nos 3 marcados por Nazem Kadri. É importante que esta dupla apareça na altura em que Phil Kessel e James Van Riemsdyk estão mais apagados.

O ataque parece ser perigoso o suficiente para complicar a vida a algumas equipas nos Playoffs, mas conseguirá James Reimer manter o seu nível, mesmo quando a equipa é dominada pelo adversário?

Os Leafs são a equipa da NHL que cede mais remates ao adversário em 5-contra-5 (32.3 remates por 60 minutos). Randy Carlyle tem que procurar descer este número, para dar alguma ajuda ao seu guarda-redes.

Os Leafs precisam de um defesa que divida as responsabilidades defensivas com Dion Phaneuf. Phaneuf faz quase 26 minutos por jogo, começa cerca de 60% dos seus turnos na zona defensiva e joga sempre contra as melhores linhas dos adversários. Notícias de Calgary dizem que Jay Bouwmeester está disponível… Just saying…

Para terminar, apenas dois centros têm mais golos que Nazem Kadri: Sidney Crosby e Steven Stamkos. Quando é que os Leafs vão parar de fingir que Tyler Bozak é um digno centro de 1ª linha?

Hurricanes põem fim a série de derrotas

Pelo menos por um jogo, Justin Peters fez esquecer Cam Ward. Ele tem tido dificuldades desde as lesões de Ward e Dan Ellis, mas foi decisivo este sábado na vitória por 3-1 sobre os Winnipeg Jets.

Peters fez 34 defesas e ajudou os Canes a acabarem com uma série de 7 derrotas consecutivas, que quase hipotecou as suas hipóteses de apuramento para os Playoffs.

Eric Staal e Alex Semin continuam a liderar o ataque da equipa, somando mais um golo e uma assistência cada um. Com esta vitória, reacende-se a esperança para os lado de Raleigh. Os Hurricanes têm 34 pontos, apenas um ponto atrás dos Islanders (9º lugar) e dos Rangers (8º).

A divisão também ainda não está perdida. Com 15 jogos para o fim da época regular, os Hurricanes estão a 4 pontos dos Jets, mas a equipa de Winnipeg têm mais três jogos realizados.

Será Peters capaz de levar esta equipa aos Playoffs? Ou terão os Hurricanes que adquirir um guarda-redes no trade deadline?

Jordan Leopold reforça defesa dos Blues

Os St. Louis Blues andavam à caça de um defesa e encontraram-no em Buffalo.

Jordan Leopold junta-se aos Blues, em troca pela 3ª ronda no Draft de 2013 e uma 5ª ronda condicionada. Se os Blues passarem a primeira eliminatória dos Playoffs, a 5ª ronda passar a ser uma 4ª.

A saída de Leopold, que terminava contrato no fim da época, pode ser um sinal de mudanças em Buffalo. São muitos os rumores à volta de jogadores como Ryan Miller e Drew Stafford e do início de um reconstrução do plantel.

Leopold junta-se a jovens com Kevin Shattenkirk e Alex Pietrangelo, trazendo experiência a uma defesa que tem tido dificuldades em manter o disco fora da sua baliza. Ele leva 8 pontos em 24 jogos e joga uma média de 21 minutos por jogo.

14+1=15

15 vitórias seguidas para os Pittsburgh Penguins.

Com a vitória por 2-0 sobre os Islanders, os Penguins somaram mais uma vitória e continuam imparáveis, mesmo quando a adversidade lhes bate à porta.

Kris Letang e Paul Martin, os dois melhores defesas dos Pens, ficaram de fora por lesão. Logo no início do jogo, Sidney Crosby foi atingido na cara por um disco, saiu para ser assistido e não regressou. Mais tarde, Chris Kunitz foi expulso por uma placagem por trás.

Nada disso impediu a vitória dos Penguins na estreia de Jarome Iginla. Matt Cooke e James Neal marcaram os golos, enquanto que Tomas Vokoun registou o segundo jogo consecutivo sem sofrer golos.

Os Penguins acabaram o mês de Março só com vitórias e lideram agora a Conferência Este, com 9 pontos de vantagem sobre os Montreal Canadiens.

Flyers adquirem Kent Huskins

20130330-192147.jpg

A postura dos Flyers no trade deadline ainda não está bem definida, mas Paul Holmgren não esperou para tentar reforçar uma defesa diminuída por muitas lesões.

Os Flyers adquiriram o defesa Kent Huskins dos Detroit Red Wings, em troca de uma escolha condicionada no Draft de 2014. Os Red Wings tinham assinado contrato com Huskins no início da época, quando eles próprios sofriam com muitas lesões na defesa.

Com o regresso de Carlo Colaiacovo, depois de uma lesão no ombro, e com a chegada de DeKeyser, Huskins tornou-se num elemento dispensável.

Os Flyers vão perder Andrej Meszaros e Braydon Coburn por tempo indefinido, devido a lesão, e foram obrigados a chamar o jovem Oliver Lauridsen da sua equipa filial na AHL.

Huskins não vai resolver os problemas defensivos dos Flyers, mas é um jogador veterano, com mais experiência do que qualquer rookie que os Flyers possam chamar.

DeKeyser escolhe Red Wings

Os Detroit Red Wings garantiram os serviços do mais requesitado free agent da NCAA.

DeKeyser nasceu no Michigan, tem 1.90 m e 91 Kg e jogava pelos Western Michigan Broncos antes de chegar a acordo com os Red Wings. Esta época ele tem 2 golos e 15 pontos no campeonato universitário norte-americano.

DeKeyser vai começar a treinar amanhã com a sua nova equipa, mas só se deve estrear na segunda-feira, frente aos Avalanche.

“Estamos contentes,” disse Ken Holland. “Um defesa é sempre necessário e ele é agil e tem boa mobilidade. Ele vai estar connosco o resto da época regular, mas a sua utilização depende do Mike Babcock. Ele não está aqui à experiência. Nós estamos a tentar chegar aos Playoffs e ele percebe isso.”

DeKeyser foi nomeado o melhor defesa da CCHA (Central Collegiate Hockey Association) nas duas últimas épocas. Uma boa aquisição dos Red Wings que precisavam de reforçar uma defesa órfã de Lidstrom.