I’ll Be Back!

Em Ottawa, o treinador dos Senators foi vítima de uma situação caricata. Enquanto treinava a sua equipa no jogo frente aos Florida Panthers, Paul MacLean tinha atrás de si uma cópia fiel da sua pessoa. Bigode e tudo.

As explicações para o sucedido podem ser várias. Alguns dizem que o Paul MacLean do futuro viajou numa máquina do tempo para avisar o Paul MacLean do presente que afinal o Tim Thomas tinha razão e o Armagedão vem aí.

Outros afirmam que depois da época passada, o dono dos Ottawa Senators mandou criar uma fabrica de clones de Paul MacLean, para o caso de este ser assediado por outras equipas.

Não sei onde mora a verdade, mas não é todos os dias que um treinador da NHL tem um sósia a roubar-lhe tempo de antena.

No gelo, passou-se o seguinte.

Winnipeg Jets 1 – 2 Boston Bruins

Patrice Bergeron mostrou novamente que é muito mais do que um avançado. Bergeron ajudou a anular um powerplay durante o prolongamento e ainda teve tempo para dar os dois pontos aos Bruins no shootout.

Os Bruins podiam ter vencido com mais facilidade se tivessem concretizado as oportunidades criadas. Com um total de 4 remates ao ferro, não se pode dizer que a equipa de Boston tenha tido sorte.

Estrelas do Jogo

  1. Patrice Bergeron (BOS) – 5 remates, +1
  2. Tyler Seguin (BOS) – 1 assistência, +1
  3. Tukka Rask (BOS) – 26 defesas, 96.3% Def

Tampa Bay Lightning 3 – 4 New York Islanders

O jogo foi fácil para os Islander, nos primeiros 40 minutos. Mas o resultado final fez toda a tensão valer a pena. Depois de David Ullstrom ter colocado os Islanders a vencer por 4-0, os Lightning marcaram 3 golos em 5 minutos e meio, mas Evgeni Nabokov evitou o pior.

John Tavares esteve excepcional a servir os seus colegas e acabou o jogo com duas assistências. Do outro lado, Anders Lindback apesar de ter sofrido 4 golos, fez 40 defesas. Se fizer isto todas as noites, os Lightning vão ganhar muitos jogos.

Estrelas do Jogo

  1. John Tavares (NYI) – 2 assistências, 5 remates
  2. Martin St. Louis (TBL) – 1 golo, 1 assistência
  3. Anders Lindback (NYI) – 44 defesas, 90.9% Def

St. Louis Blues 4 – 3 Nashville Predators

Este foi a segunda derrota consecutiva em casa dos Nashville Predators, as duas no shootout, e partem agora para uma série de 7 jogos fora. Não é bem o começo de época que Barry Trotz tinha em mente.

Vladimir Tarasenko continua a entusiasmar os adeptos dos Blues, que agora podem ver um jogador com a capacidade de criar golos do nada. Fantasia era a única coisa que faltava a esta equipa.

Foi o segundo shootout do dia. Esperemos que eles não venham a pesar demasiado na classificação final. Numa época reduzida um ponto pode fazer toda a diferença. Se calhar esta é uma boa altura para contratar um especialista… (algures nos Alpes suíços o telefone de Linus Omark não pára de tocar).

Estrelas do Jogo

  1. Vladimir Tarasenko (STL) – 1 golo, 2 assistências
  2. Patrick Hornqvist (NSH) –  1 golo, 2 assistências
  3. Pekka Rinne (NSH) – 36 defesas, 92.3% Def

Buffalo Sabres 2 – 1 Toronto Maple Leafs

Ryan Miller continua a ter o antídoto para o ataque dos Maple Leafs. O guarda-redes foi essencial na vitória, principalmente durante 3 powerplays consecutivos da equipa de Toronto no primeiro período.

Os Leafs tiveram 7 oportunidades em vantagem numérica, mas apenas marcaram um golo por Nazem Kadri. O jovem continua a mostrar que está pronto para ser um regular na NHL, enquanto que a primeira linha continua à procura do primeiro ponto da época.

Estrelas do Jogo

  1. Ryan Miller (BUF) – 34 defesas, 97.1% Def
  2. Jason Pominville (BUF) – 1 golo, 1 assistência
  3. Dion Phaneuf (TOR) – 6 remates, 28:43 minutos de jogo

Florida Panthers 0 – 4 Ottawa Senators

Esta pode ser a época em que Kyle Turris cumpre o seu potencial. O centro de 22 anos marcou dois golos na vitória sobre os Florida Panthers. Turris foi a terceira escolha do Draft 2007, adquirido aos Phoenix Coyotes no ano passado para reforçar a segunda linha.

Craig Anderson foi muito forte na baliza, enquanto que Jim O’Brien e Jakob Silfverberg estrearam-se a marcar na NHL. O primeiro de muitos para Silfverberg.

Estrelas do Jogo

  1. Kyle Turris (OTT) – 2 golos, 3 remates
  2. Craig Anderson (OTT) – 31 defesas, 100% Def
  3. Marc Methot (OTT) – 4 placagens, +2

Detroit Red Wings 4 – 3 Columbus Blue Jackets

Os Detroit Red Wings estão cheios de veteranos da NHL. Mas foi um rookie na sua estreia a evitar a segunda derrota consecutiva dos Red Wings. Damien Brunner marcou o golo decisivo no shootout frente aos Blue Jackets, e ao que parece o Suíço anda a aprender qualquer coisa com Pavel Datsyuk.

Datsyuk, por sua vez, forçou o prolongamento ao empatar o jogo a 3 no terceiro período. Os Red Wings nunca tiveram o jogo controlo, como é habitual, e Datsyuk será obrigado a tomar as rédeas da equipa, na falta de Lidstrom.

Estrelas do Jogo

  1. Pavel Datsyuk (DET) – 1 golo, 1 assistência
  2. Sergei Bobrovsky (CBJ) – 39 defesas, 92.9% Def
  3. James Wisniewski (CBJ) – 1 golo, +1

Anaheim Ducks 5 – 4 Calgary Flames

Os primeiros dois jogos de Daniel Winnik com a camisola dos Anaheim Ducks foram sensacionais. O antigo jogador dos Colorado Avalanche marcou 4 golos em duas vitórias consecutivas e está a dar-se lindamente com Saku Koivu e Andrew Cogliano.

As equipas foram alternando o domínio do jogo, mas os Ducks acabaram por ser mais fortes no último período, limitando os Flames a apenas 6 remates.

Estrelas do Jogo

  1. Daniel Winnik (ANA) – 2 golos, 1 assistência
  2. Curtis Glencross (CGY) – 2 golos, 1 assistência
  3. Saku Koivu (ANA) – 1 golo, 2 assistências

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s