Da Rússia com Amor – 23/11

O Lokomotiv Yaroslavl de Semyon Varlamov e Artim Anisimov está em grande forma e o guarda-redes dos Colorado Avalanche é o homem do momento em Yaroslavl. Numa reviravolta épica, o Lokomotiv alcançou o Dinamo Minsk no topo da tabela classificativa, apenas 1 ano e dois meses depois de um terrível desastre de aviação que colheu a vida de toda a sua equipa.

Também na Conferência Este a luta pelo primeiro lugar está muito renhida, com o Traktor, o Avangard e o Ak Bars todos empatados com 53 pontos. Alexander Radulov continua a liderar os pontos, com 36 em 27 jogos. Como já tinha referido, Semyon Varlamov está a dominar a KHL, com 95.1% de defesas e 3 shutouts em 12 jogos.

Aqui ficam os resumos dos melhores jogos da KHL nos últimos dias.

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Da Rússia com Amor – 14/11

Depois de uma interrupção de 9 dias, a KHL voltou com 11 jogos no dia de ontem. É melhor irem-se habituando, porque pode ser o único hóquei que vamos puder ver este ano. Os destaques do dia foram a estreia de Joffrey Lupul pelo Avtomobilist e um hat-trick de Backstrom. Aqui fica a vossa dose diária de hóquei.

Deu para sentir bem os efeitos do lockout. Lupul não está na forma física da sua vida, mais umas semanas e a coisa vai lá. Eu só não percebi ainda porque é que ele escolheu a pior equipa da KHL. 3 vitórias em 24 jogos… Bom não é.

Pekka Rinne devia considerar não sair mais para jogar o disco. Uma das consequências de jogar numa pista maior. Mais espaço, mais erros.

Malkin mostra que também pode fazer uma perninha à baliza, se for preciso.

Backstrom ficou tão contente com o regresso do seu BFF Ovechkin que marcou um hat-trick.

Radulov também fica muito contente sempre a sua equipa marca golos. Contente demais, talvez.

Da Rússia com Amor – 4/11

Este fim-de-semana foi inédito na história da KHL. Pela primeira vez na história da competição tivemos um jogo entre equipas que não pertenceram à URSS. No sábado, o Slovan Bratislava da Eslováquia venceu o Lev Praha da República Checa, naquele que foi e no domingo, o Dinamo Minsk da Bielorrússia consolidou a liderança na conferência Oeste depois de vencer o Dinamo Riga da Letónia.

Para além disso, também temos um shutout de Pekka Rinne, Zdeno Chara a magoar pessoas e as melhores jogadas da semana.

Zdeno Chara destruiu Miroslav Satan, ex-jogador dos Bruins, que acusou o ex-colega de equipa de deslealdade, no fim do jogo. Jakub Voracek até marcou, mas mesmo assim o Lev não conseguiu ganhar e está agora fora dos lugares de apuramento para os Playoffs.

Depois de ter tido sérias dificuldades nos primeiros jogos, Pekka Rinne voltou ao seu estado normal e fez 27 defesas sem sofrer qualquer golo.

Os melhores golos da semana.

As melhores defesas da semana.

As melhores placagens da semana.

Da Rússia com Amor – 2/11

Agora que foi cancelado o Winter Classic, o jogo de hóquei mais visto em todo o mundo, a época 2012-13 da NHL está cada vez mais em risco. Apesar de ser a melhor liga do mundo, com os melhores jogadores do mundo, e onde jogam as nossas equipas do coração, existe hóquei para lá da NHL.

A KHL é uma das alternativas. Oferece jogos de grande qualidade e tem em cartaz algumas estrelas da NHL, como Evgeni Malkin, Pavel Datsyuk, Ilya Kovalchuck entre outros. A Kontinental Hockey League é uma liga internacional composta por 24 equipas provenientes da Rússia, Bielorrússia, Cazaquistão, Letónia, Ucrânia, República Checa e Eslováquia.

Está divida em duas conferências, Este e Oeste, cada uma com duas divisões. Durante a época regular cada equipa realiza 56 jogos, quatro contra equipas da mesma divisão e dois contra as restantes. Os 16 primeiros classificados da época regular apuram-se para os playoffs onde vão discutir a Gagarin Cup.

A época está a chegar ao seu ponto intermédio, e os verdadeiros candidatos começam a aparecer. Em primeiro lugar na conferência Oeste está o Dinamo Minsk. A equipa da Bielorrússia conta com Pekka Rinne, Evander Kane e Joe Pavelski, mas a estrela da equipa tem sido Tim Stapleton. O ex-jogador dos Winnipeg Jets, já leva 10 golos e 17 pontos desde que se mudou definitivamente para a Europa.

Na conferência Oeste, o Traktor lidera, impulsionado pelos 22 pontos de Evgeni Kuznetsov, a primeira escolha dos Washington Capitals no Draft de 2010, e Andrei Kostitsyn que é um jogador sem contrato e pode ser um a ficar na Rússia mesmo depois de acabar o lockout. Perto da liderança, está o Metallurg Magnitogorsk, de Evgeni Malkin, Sergei Gonchar e Nikolai Kulemin. 

Outros grandes candidatos ao título são o SKA de S. Petersburgo e o CSKA de Moscovo. Ilya Kovalchuck lidera o SKA com 26 pontos em 16 jogos, e é acompanhado pelo jovem jogador dos St. Louis Blues, Vladimir Tarasenko. O CSKA conta com Pavel Datsyuk, Mikhail Grabovski e Ilya Bryzgalov, mas a estrela da equipa é Alexander Radulov, que lidera a KHL com 31 pontos em 23 jogos.

Portanto, não há que desesperar com o lockout. Há muito hóquei para ver, só é preciso procurar. Regularmente vou postar resumos da KHL, com comentários em inglês, feitos com mestria por Steve Dangle e Andrey Osadchenko. aqui ficam alguns dos jogos de ontem. Espero que gostem!

O SKA é um dos candidatos à Gagarin Cup, principalmente devido ao seu ataque potente, como ficou claro nesta vitória por 9-2 frente ao Donbass.

O Dinamo de Moscovo conta com a super-estrela Alex Ovechkin, que está de fora há 3 jogos por cause de uma bronquite. Parece que Ovechkin já não está habituado ao clima russo… Mesmo assim, a equipa tem 3 vitórias nesses 3 jogos.

Malkin marcou mais um golo pelo Magnitogorsk, e já leva 8 golos e 28 pontos em 18 jogos, o que chega para liderar a KHL em assistências.

 

O Traktor não tem nenhuma estrela da NHL, mas continua a ganhar jogos com autoridade. O sucesso da equipa de Chelyabinsk explica-se por esta ser a segunda defesa menos batida da liga.