Defeso – Boston Bruins

 

Este é o segundo de uma série de artigos que irá cobrir o defeso de todas as equipas da NHL. Vou analisar o que as equipas fizeram até agora e o que falta fazer até ao ínicio da nova temporada em Outubro… Cof!Cof!

Guarda Redes

Pelos vistos Tim Thomas decidiu tirar um ano de folga e anunciou que não irá participar na época de 2012-2013 (e todos os outros jogadores da NHL estão a pensar fazer o mesmo). Isto é um problema para os Bruins. Como Thomas tem mais de 35 anos o salário vai sempre contar para as contas do tecto salarial.

Peter Chiarelli tem algumas opções. Pode suspender Thomas e deixar acabar o último ano do seu contracto. Não têm que pagar um cêntimo, os $5 milhões vão na mesma contar para a massa salarial, mas no fim do ano o contrato termina, dando liberdade para as negociações com Milan Lucic, Tyler Seguin e Brad Marchand.

A outra opção será tentar trocar Thomas para uma equipa que procura chegar ao chão salarial, ou para alguém que esteja desesperado por um guarda-redes de elite (sim estou a olhar para ti, Brian Burke). Neste momento, os Bruins não esperam um grande retorno pelo guarda-redes veterano, mas o simples alívio dos $5 milhões permite que os Bruins sejam mais agressivos na luta por Rick Nash ou Bobby Ryan.

Chiarelli é bom de rins. Depois de um murro no estômago recuperou bem e assinou o melhor contrato até agora neste defeso (na opinião deste humilde espectador). Tuukka Rask prolongou o seu contrato por um ano no valor de $3.5 milhões. Quando se pensava que o contrato de Ondrej Pavelec ia inflacionar o mercado ($19.5 milhões / 5 anos), os Bruins conseguem estender o contrato de um dos guarda-redes mais promissores da NHL por um valor relativamente baixo e apenas por um ano.

Esta é a situação ideal para a equipa de Boston. Rask tem números excepcionais para um jovem de 25 anos (melhor percentagem de defesas da liga desde que chegou à NHL, adivinhem que é o 2º), mas nunca fez mais de 30 jogos numa época. Agora com Thomas fora da corrida, Rask é o titular obvio e vai ter um ano à experiência. Se algo correr mal, no problemo, o contrato é só de um ano…

Defesa

Não se pode melhorar muito a melhor defesa da liga (errata: onde se lê defesa deve-se ler Zdeno Chara). Por isso os Bruins apenas assinaram Garnet Exelby para reforçar os Providence Bruins da AHL.

Os Bruins ainda estão à procura de um defesa para lutar por um lugar no terceiro par e dar maior profundidade à equipa. Dougie Hamilton, o defesa de 1.96 m seleccionado em 9º no Draft de 2009 (obrigado Phil Kessel), deve ter uma oportunidade de se estrear ao mais alto nível e pode ser o melhor reforço para a defesa dos Bruins.

Ataque

No ataque, os Bruins prolongaram o contrato de Gregory Campbell ($4.8 milhões / 3 anos) e Chris Kelly ($12 milhões / 4 anos) e adquiriram Christian Hanson, que muito provavelmente irá rumar a Providence. Doze milhões por Kelly, um centro de 3ª linha, pode parecer muito, mas quando se consegue fazer isto há que pagar ao homem.

Rick Nash é o nome mais desejado por todos os fãs dos Bruins. Nash quer os Bruins, os Bruins querem Nash, é o casamento perfeito. Resta saber se Scott Howson aceita o que eles têm para oferecer (Scott, eles nunca vão ceder o Seguin, esquece lá isso).

Alinhamento Provável

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s