Defeso – Anaheim Ducks

Este é o primeiro de uma série de artigos que vai cobrir o defeso de todas as equipas da NHL. Vou analisar o que as equipas fizeram até agora e o que falta fazer até ao ínicio da nova temporada em Outubro… Cof!Cof!

Guarda Redes

Jonas Hiller é um guarda-redes acima da média e vai absorver grande parte dos minutos de jogo. Ele foi titular em 73 jogos na época passada e acabou por revelar cansaço em alguns momentos. Apesar de Deslauriers me parecer um suplente capaz, os Ducks podem procurar um guarda redes veterano que retire algum do peso dos ombros de Hiller.

Defesa

Os Anaheim Ducks já se tinham preparado para perder o jovem Justin Schultz para outra equipa. O defesa de 21 anos aproveitou uma fragilidade do acordo colectivo de trabalho para entrar directamente no mercado livre sem nunca ter jogado pela equipa que o escolheu no Draft de 2008. Schultz é uma das maiores promessas da NHL e perdê-lo foi um grande golpe nas aspirações dos Ducks. Uma situação a corrigir nas negociações do novo acordo.

Os Ducks procuram melhorar a sua defesa nos primeiros dias da Free Agency com a aquisição de Bryan Allen. Allen é um jogador muito físico e os seus 196 cm de altura são ideais para limpar a frente da baliza, algo que os Ducks não tinham desda a saída de Chris Pronger.

No mesmo dia os Ducks assinaram também Sheldon Souray. O defesa de 35 anos somou 21 pontos (6 G, 15 A) na última época ao serviço dos Dallas Stars. Souray está já longe dos seus dias de glória em Montreal, mas mesmo assim o GM Bob Murray ofereceu um contrato de $11 milhões durante 3 anos. Este pode ser um contrato arriscado para os Ducks que estão agora presos a um veterano na fase descendente da sua carreira durante 3 anos, para além de poder ser um entrave ao desenvolvimento de jogadores mais jovens (Sami Vatanen, Hampus Lindholm).

Ataque

Bobby Ryan tem sido eternamente utilizado como isco pela direcção dos Ducks. São múltiplas as situações em que Ryan foi associado com várias equipas. Depois de um ano com resultados negativos, voltaram a circular os rumores da disponibilidade dos Ducks para trocar Ryan. Farto de ver a sua permanência posta em causa sempre que a equipa passa por um momento de aflição, Ryan pediu para ser trocado. Tudo depende daquilo que os Ducks conseguirem adquirir na troca, mas perder um jogador que nunca marcou menos de 31 golos numa época nunca pode ser bom.

Os Ducks adquiriram Brad Staubitz para substituir o bigode de George Parros. Staubitz é um enforcer que pode ser uma presença muito positiva no balneário. Os Ducks têm outras opções para a 4ª linha (Matt Beleskey, Patrick Maroon) e alguns jovens que anseiam pelos seus primeiros minutos na NHL, por isso não sei se Staubitz vai ter espaço para se afirmar.

A melhor notícia para os fãs dos Ducks até agora foi a garantia que Teemu Selanne vai voltar para cumprir 20 anos de carreira. O Finlandês foi o melhor marcador da equipa na época passada e é o detentor de praticamente todos os recordes da organização. Selanne fez 42 anos no dia 3 de Julho mas não aparenta ter mais de 25, nem de cara nem a jogar.

Os Ducks ainda vão precisar de melhorar o seu plantel principalmente no ataque. Ainda falta um centro de segunda linha e outro para a quarta. Um ala esquerdo que completasse as qualidades de Teemu Selanne seria o cenário perfeito para esta equipa, que está muito dependente da resolução do caso Ryan.

Alinhamento Provável

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s