NHL Awards “Fashion Police” – Os Melhores

Depois de passar revista pelos piores vestidos, chegou a altura de enaltecer os que abrilhantaram a passadeira vermelha com o seu bom gosto, sofisticação e requinte!

Por isso e sem mais demoras, os prémios dos mais bem vestidos da noite vão para:

  • 5º Lugar, Adam Henrique, New Jersey Devils

Para começar a ronda dos mais “arranjadinhos”, parece-me uma boa escolha. Para que fique registado é assim que se combinam cores. O fato é muito bem escolhido, a cor é lindíssima e  este cinzento brilhante está muito na moda. É arrojado porque foge ao tradicional preto. Outra opção muito bem conseguida é o colete. De facto, compõe o conjunto. Além disso, favorece quem não é tão magro porque estiliza a figura. Para finalizar, a gravata, muito bem escolhida, com uma cor roxa que combina perfeitamente com o cinza. Todo o conjunto é sofisticado, talvez até um pouco formal demais se pensarmos que foi em Las Vegas, mas absolutamente requintado.

  • 4º Lugar, Dustin Brown, LA Kings

Além de muito bem vestido, o casal Brown, e estou a falar do Dustin e da esposa, não da Stanley Cup, ganham o prémio de mais simpácticos da noite! Não há uma fotografia em que Dustin não esteja a sorrir, e até tinha razões para esconder os dentes…Vamos à roupa. Quase perfeito! O fato é fantástico, apesar de não sobressair muito nas fotografias. No entanto se visto ao pormenor pode apreciar-se a verdadeira beleza. Mas uma vez o colete, que assenta que nem uma luva e que o faz parecer mais alto e mais magro. Para rematar, a gravata, que é fabulosa. Talvez a melhor gravata da noite, com uma cor muito na moda. Um conjunto muito bem escolhido que peca apenas num ponto. O fato devia ser ligeiramente mais claro porque se não fosse a gravata podia ter-se tornado muito pesado.

  • 3º Lugar, Jonathan Quick, LA Kings

Entre os 3 primeiros a escolha foi renhida. Tudo neste conjunto é perfeito. O fato não é muito escuro e torna-se jovial. A camisa é espectacular e fotografa lindamente porque tem um certo brilho que combina com Las Vegas. A gravata também é perfeita para o look, já que tem as cores do fato e da camisa mas é moderna e destaca-se, dando um toque especial. Destaco ainda o sapato, clássico mas sofisticado que contrabalança o estilo mais arrojado do fato. Todos os elementos resultam num Jonathan Quick fashionista, muito diferente do que estamos habituados a ver na baliza dos Kings.

  • 2º Lugar, Henrique Lundqvist, NW Rangers

Palavras para quê?! Esta fotografia podia ser tirada de um filme de Hollywood dos anos 30, onde o charme e o requinte imperavam! O fato é, sem dúvida o mais requintado e bem feito da noite, o pormenor do colarinho é fabuloso e o lenço da o toque final ao estilo, sempre impecável, de Lundqvist. Um assumido amante de moda tem no cabelo um dos seus principais atributos. Tudo neste conjunto se resume a uma palavra, charme! Não ganha por 2 motivos: por um lado Lundqvist tem-nos habituado a escolhas muito arrojadas e modernas, sem medo de correr riscos e, nesse sentido, este conjunto é “normal demais”. Além disso, penso que não capturou o estilo de Las Vegas que pedia alguma coisa extravagante, que ninguém esperasse, talvez algum apontamento de cor que ele tão bem sabe usar…

  • 1º Lugar, Erik Karlsson, Senators

O Erik é o grande vencedor por um motivo muito simples: Ousadia! O fato é espectacular, tem uma cor arrojada e moderna. É jovem e apropriado para o evento. E depois há aquela camisa! O apontamento de cor, que ninguém, excepto Karlsson, teve coragem de ousar, resultou num dos homens mais bem vestidos que já pisou, arrisco dizer, qualquer passadeira vermelha! A camisa rosa é genial, combina perfeitamente com o fato pelo contraste que faz. Também a gravata, do tom do fato, acentua esse contraste e destaca todo o conjunto. É assim que se veste para um evento em Las Vegas. É divertido, arrojado, moderno, fashion foward e totalmente adequado à cidade do pecado! É um momento alto, que certamente ditará tendências…Nem todos conseguem que a cor resulte num evento formal, mas ele conseguiu…E bem!

Prémios Adicionais:

  • Rokkie mais bem vestidoRyan Nugent-Hopkins, Oilers,

Para a primeira vez foi um conjunto muito bem conseguido!O fato tem uma cor lindíssima e a camisa é igualmente interessante. Mal podemos esperar pelo próximo ano!

  • Acompanhante mais bem vestida, Jonathan Quick

Não havia fotos muito boas, mas tinha de se destacar a esposa do Jonathan Quick. Para mim, a mais bem vestida porque estava simples e adequada, tendo em conta que a atenção deve ser sobre eles e não elas! O vestido era curto e aberto atrás, muito elegante, chique e moderno ao mesmo tempo. O cinto e a mala douradas deram-lhe o toque especial e completaram o look. O cabelo meio desalinhado torna-a jovem e encaixa perfeitamente no espírito, não excessivamente formal, do evento.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s