Devils não deixam Rangers fugir!

Na noite de ontem Martin Brodeur, do topo dos seus 40 anos, mostrou a quem pensava o contrário que ainda está para as curvas e que não perdeu a vivacidade, a garra e muito menos a qualidade de outros tempos. Foi fundamental para que os Devils vencessem o Jogo 4  por 4-1 os Rangers, empatando a série que está, agora, 2-2. Foi, com certeza o homem do jogo com 28 defesas e uma assistência. A noite também foi de Zach Parise, que teve uma grande exibição, com 2 golos e 1 assitência.

Melhor Golo:

Ainda sobre os destaques do jogo, há um facto que não se pode ignorar. A tensão sente-se entre Rangers e Devils e isso começa a notar-se nas cada vez mais agressivas lutas entre os jogadores. Ontem, talvez a situação mais tensa tenha sido o soco que  Mike Rupp deu a Martin Brodeur aos 6 minutos do terceiro período. Este soco desencadeou uma série de lutas no gelo, com penalizações para 4 homens de Nova Yorque e 2 homens de New Jersey. Nem os treinadores escaparam a esta crispação. Houve um momento do jogo em que Pete DeBoer e John Tortorella se insultaram mutuamente ao ponto de quase saltarem para fora dos respectivos bancos.

Quanto ao jogo, ao contrário do Jogo 3, em que os Devils mostraram uma atitude derrotista, ontem a equipa de New Jersey esteve ao rubro durante os 60 minutos, sem nunca dar descanso a Ludqvist. O guarda-redes dos Rangers ainda fez 26 defesas que não foram suficientes para parar o ímpeto dos Devils.

Os Devils entraram no jogo a voar e adiantaram-se cedo no marcador, com 2 golos no 1º período. O primeiro por Bryce Salvador e o segundo por Travis Zajac. A primeira luta aconteceu logo após o primeiro golo, o que fazia prever, logo à partida,  um jogo muito duro.

O 2º período não teve golos. Os Rangers tiveram algumas oportunidades e dominaram o período, mas Brodeur esteve sempre à altura.

Aos 2:41 minutos do 3º período, Zach Parise aumenta a vantagem dos Devils para 3-0. Aos 15 minutos os Rangers ainda reduziram para 3-1 por Rusian Fedotenko, mas os Devils já tinham o jogo na mão.

Finalmente a faltar 1:30 minuto para o fim do jogo Zach Parise ainda fez o 4-o, em empty net. Parise, que nem quis falar aos jornalistas depois da derrota no Jogo 3, foi um homem determinado e apenas com um objectivo no jogo de ontem: GANHAR! E conseguiu!

O Jogo 5 realiza-se na quarta-feira, com a série de volta a Nova Yorque. Os Devils têm sido superiores mas sempre que Lundqvist se destaca os Rangers ganham. Vai ser interessante ver quem consegue ganhar vantagem na série. Além disso, com a tensão que se sente no ar, vai ser um jogo duro e para Homens. Afinal, como disse Kovalchuk, isto não é xadrez, é Hóquei!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s