Devils empatam a série!

Na noite de ontem, os espectadores assistiram ao jogo mais disputado desta terceira ronda. Em Nova Yorque, os Devils venceram os Rangers por 3-2 e empataram a série que está agora 1-1.

No jogo há que destacar o guarda redes dos Devils, Martin Brodeur que fez uma série de defesas impressionantes, contribuindo de uma forma decisiva para a vitória da equipa de New Jersey. Brodeur fez 23 defesas e aumentou para 4 o número de jogos consecutivos em que não sofre mais de 2 golos. Mesmo tendo sido fundamental para a vitória da equipa, a sua exibição não foi totalmente “imaculada”. O golo do empate dos Rangers, no segundo período, deveu-se a um mau posicionamento de Brodeur. No entanto este erro não o afectou e acabou por se redimir depois em várias jogadas.

Em relação ao jogo, logo no inicio do primeiro período, Brodeur fez uma defesa notável a um remate do defesa Ryan McDonagh. Ainda no primeiro período, Kovalchuk fez o 1-0 para os Devils aos 13:39 minutos, em power play, depois de Brian Boyle ter sido penalizado por “slashing”.

Apesar da grande performance de Brodeur, 2 penalidades para os Devils  tiveram como consequência os 2 golos dos Rangers, que fizeram os Devils tremer durante o segundo período. O primeiro golo dos Rangers apareceu aos 02:23 minutos do segundo período por Marc Staal. O segundo golo, que deu a vantagem de 2-1 à equipa de Nova Yorque, teve a assinatura  do rookie Chris Kreider aos 12:19 minutos do segundo período. Com este resultado, os Devils viam-se, pelo segundo jogo consecutivo, na situação de derrotados mas a atitude foi diferente e a equipa de New Jersey conseguiu empatar a partida, com  um golo de Ryan Carter a 2 minutos do fim do segundo período. Este golo, segundo o treinador dos Devils, Peter DeBoer, mudou totalmente a configuração do jogo.

Finalmente, aos 02:31 minutos do terceiro período, os Devils voltaram a marcar, fixando o resultado final em 3-2. David Clarkson foi o autor do golo assistido pelo rookie Adam Henrique. Clarkson deu a vantagem aos Devils e Brodeur assegurou-a com 8 defesas só no terceiro período.

Apenas a título de curiosidade, nos 2 jogos, os Rangers marcaram 5 golos, sendo que apenas 1 foi numa situação de 5 v 5, 3 foram em power play e 1 em empty net. Quanto aos Devils foram precisos 98 minutos para marcarem um golo em 5 v 5 nesta ronda.

Com as equipas tão equilibradas, vai ser interessante ver como se desenrola o jogo 3 que se disputa no próximo sábado agora em New Jersey. Igualmente entusiasmante vai ser a batalha dos guarda redes. Ludqvist levou a melhor no Jogo 1, Brodeur foi superior no Jogo 2. No jogo 3, a minha previsão é que Lundqvist voltará a brilhar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s