Rangers vencem e Lundqvist convence!

Lundqvist precisou apenas de 3 segundos para deixar a sua marcar e tornar-se a principal estrela do jogo 1 da final de conferência Oeste. O guarda redes dos Rangers fez 21 defesas. Destas, há que destacar 3 remates consecutivas de Zach Parise que podiam ter complicado a vida aos homens de Nova Yorque ainda no 2º período quando estava 0-0.

Esta exibição de Lundqvist deu tempo aos Rangers para se organizarem e marcarem 3 golos no 3º período, acabando por vencer os Devils por 3-0.

Também se deve louvar Dan Girardi que marcou o primeiro golo dos Rangers no jogo.

Melhor Golo:

Os Rangers jogaram ontem o 15º jogo dos Playoffs, enquanto os Devils vinham de uma folga de 5 dias depois de eliminarem os Flyers em apenas 5 jogos. Apesar da disparidade, o defesa Ryan McDonagh dos Rangers parecia o mais “fresco” durante os primeiros 20 minutos, impedindo algumas jogadas perigosas da equipa de New Jersey.

Depois de 2 períodos sem golos, mesmo no início do 3º período (aos 53 segundos) Dan Girardi fez o 1-0 para os Rangers. Com este golo, o tom do jogo alterou-se e os Rangers surgiram em força nos últimos 20 minutos.

Cerca de 2 minutos após o primeiro golo, Lundqvist negou a Kovalchuk o empate. Estavam então jogados 12 minutos do 3º período quando Cris Kreider, que já tinha feito a assistência para o primeiro golo, marcou o 2-0, dando aos Rangers uma vantagem confortável.


Finalmente a faltar 1 minuto e meio para o fim do jogo, Artem Anisimov, em empty net, fixou o resultado em 3-0.

Os números expressivos dos Rangers e a ausência de golos para os Devils podem dar a entender que foi uma vitória fácil para a equipa de Nova Yorque mas a verdade é que tiveram muitas dificuldades nos primeiros 40 minutos.

O jogo 2 realiza-se na próxima quarta-feira em Nova Yorque.

Quanto aos Devils, segundo Parise, a estratégia para ganhar baseia-se em conseguir fazer passar os remates pelos primeiro homem dos Rangers. A verdade é que isto é só metade da solução. A outra metade, e talvez a mais difícil, é fazer os remates passarem pelo “gigante” Lundqvist, que lidera a classificação dos guarda-redes nos Playoffs com um GAA de 1.57.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s