Previsão Caps-Rangers Jogo 7

Todos os jogadores ambicionam este jogos, onde a competição é forte e a pressão máxima.

Personalidades diferentes reagem de forma diferente. Dale Hunter tem uma relação ambígua com a pressão. Enquanto jogador descontrolou-se em alguns momentos, que se tornaram nódoas na sua carreira.

Agora maduro, vestiu a pele de treinador e mostra uma calma impenetrável, que transmite a todos os que o rodeiam.

Braden Holtby é a imagem no espelho do seu treinador. O rookie joga como um icebergue, grande, intransponível e gelidamente calmo.

Poucos dias antes do jogo decisivo, Holby teve que lidar com uma pressão adicional.Na quinta-feira, Brandi Bodnar, a sua noiva, deu à luz um menino chamado Benjamin.

“Foi um grande dia. O bébé e a mãe estão bem, e agora vou-me focar no hockey,” disse Holtby, que afirmou que a excitação de ser pai pela primeira vez não ia ser uma distracção. “As circunstâncias são diferentes. A primeira coisa que aprendemos como profissionais é separar a vida pessoal do hockey, e é isso que eu vou fazer.”

A pressão não divide o mal pelas aldeias. Grande parte cai para o lado dos New York Rangers. Acabaram em primeiro lugar da Conferência Este, jogam em casa e venceram todos os Jogos 7 que realizaram no Madison Square Garden.

O Hockey é demasiado imprevisível para haver favoritos. Quando o destino de duas equipas é decidido num único jogo, qualquer ressalto mais estranho do disco pode ser a distância entre a euforia e a desilusão.

No meio de tantas dúvidas, este jogo encerra uma certeza inabalável. Ele vai por fim à época de uma destas equipas.

Para ganhar, os Capitals precisam de… Ser eficazes no Powerplay.

Os Caps têm uma das melhores unidades de Powerplay nestes Playoffs, com 18.4%. Marcaram em 4 dos últimos 5 jogos em vantagem numérica e poderão ser decisivos no Jogo 7.

O segredo dos Capitals é movimentar o disco mais rapidamente contra o penalty kill bastante agressivo dos Rangers. Ovechkin deixou de ser colocado na linha azul e ocupa agora zonas mais perto da baliza, funcionado como um jogador extra que aparece nos espaços livres. Isto permite maior segurança defensiva e mais remates da linha azul. Até agora tem resultado.

Para ganhar os Rangers precisam de… Afastar Richards dos melhores defesas dos Caps.

Isto não deve ser um problema para John Tortorella, uma vez que têm a vantagem de ser o último a escolher as linhas.

Tortorella pode ter uma grande influência na definição do jogo, mantendo Brad Richards afastado de John Carlsson e Karl Alzner.

Nos jogos em casa, Richards tem 2 golos e um Corsi de +11 por jogo. Já em Washington, onde se vê obrigado a defrontar a linha defensiva dos Caps (Brouwer, Beagle, Hendricks), apenas tem 1 assistência e um Corsi de +2 por jogo.

A Minha Previsão: Caps vencem 3-2 (logo é muito provável que os Rangers ganhem)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s