Foi Assim Que Aconteceu – 21/04/12

Washington Capitals 4 – 3 Boston Bruins
3-2 para WSH na série

Troy Brouwer assumiu o papel de herói na vitória dos Washington Capitals por 3-2 sobre os Boston Bruins. Brouwer mostrou as suas menos reconhecidas qualidades e disparou um remate de pulso para bater Tim Thomas pela 2ª vez nestes Playoffs.

Thomas voltou a não estar ao seu melhor nível. Existem rumores de um desconforto no balneário causado pelas declarações de Thomas depois do Jogo 4. Pelo contrário, o rookie Braden Holtby continua a surpreender e conta com a total confiança da sua equipa.

Os Capitals lideram por 3-2 e podem fechar a eliminatória já amanhã em Washington.

Marcadores:

1-0 Alexander Semin (3), assistido por Dennis Wideman (1) e Marcus Johansson (2)

2-0 Jay Beagle (1)

2-1 Dennis Seidenberg (1), assistido por Milan Lucic (1) e David Krejci (1)

2-2 Brad Marchand (1), assistido por Rich Peverley (1) e Johnny Boychuk (1)

3-2 Mike Knuble (1), assistido por Joel Ward (1) e John Erskine (1)

3-3 Johnny Boychuk (1), assistido por Dennis Seidenberg (2) e Brad Marchand (1)

4-3 Troy Brouwer (2), assistido por John Carlson (1)

Estrela do Jogo: Troy Brouwer (1 G)

New Jersey Devils 0 – 3 Florida Panthers
3-2 para FLA na série

Jose Theodore recuperou em grande estilo a titularidade na baliza dos Florida Panthers. O guarda-redes veterano fez 29 defesas, sem sofrer nenhum golo na vitória por 3-0 sobre os New Jersey Devils.

Martin Brodeur, que foi o responsável pela criação do trapezóide, teve uma saída irresponsável para jogar o disco, deixando a baliza à mercê de Scottie Upshall.

Com a vitória, os Panthers passam a liderar a eliminatória por 3-2. O Jogo 6 será realizado na terça-feira.

Marcadores:

0-1 Kris Versteeg (2), assistido por Stephen Weiss (1) e Brian Campbell (3)

0-2 Scottie Upshall (1), assistido por Kris Versteeg (2) e Shawn Matthias (1)

0-3 Tomas Kopecky (1)

Estrela do Jogo: Jose Theodore (30 defesas, 1.000 %Def)

Ottawa Senators 2 – 0 New York Rangers
3-2 para OTT na série

Os Ottawa Senators estão mais perto de eliminarem os favoritos New York Rangers. Craig Anderson parou 41 remates na vitória por 2-0 no Madison Square Garden.

Jason Spezza marcou os dois golos da partida e responde com uma grande exibição às críticas sobre a sua performance nesta eliminatória. Konopka foi impecável nos Faceoffs (10/12), permaneceu no gelo durante os últimos minutos do jogo para manter a vantagem de 1-0 no marcador e acabou por fazer a assistência para o 2º golo de Spezza.

Henrik Lundqvist teve um grande jogo e não merece a derrota. O ataque dos Rangers voltou a ser escasso e não aproveitou mais uma grande exibição do sueco.

Os Senators voltam a casa na segunda-feira, onde podem garantir a passagem à próxima ronda dos Playoffs da NHL.

Marcadores:

1-0 Jason Spezza (1), assistido por Mark Stone (1) e Filip Kuba (2)

2-0 Jason Spezza (2), assistido por Zenon Konopka (2)

Estrela do Jogo: Craig Anderson (41 defesas, 1.000 %Def)

San Jose Sharks 1 – 3 St. Louis Blues
Blues vencem série por 4-1

Brian Elliott ajudou os St. Louis Blues a eliminarem os San Jose Sharks dos Playoffs da Stanley Cup. Elliott fez 26 defesas na vitória por 3-1 que selou o destino da eliminatória.

Os Sharks ainda tentaram dar a volta aos acontecimentos e Joe Thornton abriu o marcador para a equipa da Califórnia. No entanto, 2 golos no espaço de 45 segundos deram a vantagem aos Blues. Andy McDonald fechou o marcador com um golo de baliza aberta e facturou pela 4ª vez nestes Playoffs.

Os St. Louis Blues seguem assim para a próxima ronda onde irão defrontar o vencedor da série entre Chicago Blackhawks e Phoenix Coyotes.

Marcadores:

1-0 Joe Thornton (2), assistido por Daniel Winnik (1) e Torrey Mitchell (1)

1-1 Jamie Langenbrunner (1), assistido por Scott Nichol (1) e Vladimir Sobotka (1)

1-2 David Perron (1), assistido por Alex Pietrangelo (2) e T. J. Oshie (3)

1-3 Andy McDonald (4), assistido por Patrik Berglund (4) e Alex Pietrangelo (3)

Estrela do Jogo: Brian Elliott (26 defesas, 0.963 %Def)

Chicago Blackhawks 2 – 1 Phoenix Coyotes
3-2 para PHO na série

O capitão apareceu em grande para salvar os Chicago Blackhawks. Sob a ameaça da eliminação, Jonathan Toews deu a vitória à sua equipa, que precisa de ganhar os próximos 2 jogos para passar à próxima ronda.

Tal como em todos os jogos desta série, o Jogo 5 apenas se decidiu no prolongamento, depois de um empate a 1 golo no fim do tempo regulamentar. Gilbert Brule abriu o marcador para os Coyotes aos 2:46 do 2º período. Os Blackhawks acabariam por empatar já no 3º período por Nick Leddy. Apesar da derrota, Mike Smith fez uma grande exibição, com 36 defesas em 38 remates.

Os Blackhawks regressam a Chicago para disputarem o Jogo 6, numa tentativa de prolongarem a eliminatória. Se a tendência de equilíbrio se mantiver, vamos ter Jogo 7.

Marcadores:

0-1 Gilbert Brule (1), assistido por Marc Pouliot (1) e Mike Smith (1)

1-1 Nick Leddy (1), assistido por Michael Frolik (1) e Brandon Saad

2-1 Jonathan Toews (2), assistido por Viktor Stalberg (2)

Estrela do Jogo: Jonathan Toews (1 G)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s